Resenha: Sob o Trópico de Capricórnio - Pedro Augusto da Silveira

��Proibido para menores de dezoito anos.

Década de 1980: o mundo vive um período de readequação após duas dezenas de anos de constante incremento da liberdade sexual. A AIDS trouxe consigo uma onda conservadora, que inundava, com água fria, os efervescentes movimentos de liberação da libido humana. Contrastando com a ordem mundial de então, no Brasil, uma nova geração sedenta por liberdade emergia, após mais de dez anos de cerceamento de expressão. É nesse complexo contexto que o jovem Ricardo Buíse luta para se entender como homem e homossexual, ao mesmo tempo em que procura se encaixar nas estruturas sociais da sua época. Entre paixões ardentes e conflitos aparentemente insolúveis, dores abissais e êxtases celestiais, o garoto segue seu processo de autoconhecimento, sempre tendo como trilha sonora o delicioso cancioneiro popular brasileiro. Este é um romance erótico repleto de profundas reflexões familiares, pessoais e interpessoais, cuja essência é compartilhada por seres humanos de quaisquer idades, épocas ou culturas: a eterna busca pela felicidade.



Sob o Trópico de Capricórnio - Um enredo sensível sobre auto descoberta e amadurecimento


Um livro sensível, real, tocante, profundo e escrito de maneira simples e palpável, @pedro trouxe em sua obra singular muita coisa no que pensar. Mesmo nos dias de hoje. Um grito "por mais amor por favor!", "Um grito por respeito", "um grito por podemos ser quem somos e não o que gostariam que fossemos".. andar de mãos dadas, beijar quem se ama.. amar e ser amado, sem julgamentos..

"Um dos nossos companheiros perguntou ao garçom, o que havia acontecido. A resposta era bem simples: os dois homens estavam de mãos dadas, um dos clientes sentiu-se ofendido, exigiu a sua saída, e eles foram convidados a se retirar." 

Sim, é sobre isso e muito mais! 


Um pouco sobre o enredo e do que se trata o livro:

O livro se passa na década de 80 e com isso podemos já imaginar o quanto nessa época, todo o preconceito, ódio, falta de empatia, e padrões do politicamente correto, eram impostos de maneira nua, crua, abusiva e severa. Uma época em que a AIDS veio após um período de aumento da liberdade sexual, trazendo uma onda conservadora e podando a liberdade sexual por anos, e aí vem toda uma geração sedenta por inserção, aceitação, liberdade de ser.. e uma luta que se estende até os dias atuais! 

O livro é um romance erótico recheado de grandes reflexões necessárias sobre conflitos familiares, descobertas pessoais, aceitação, conscientização de si mesmo e outros.. Pedro escreve de forma íntima, convidando o leitor a compreender uma realidade vivida no passado e ainda nos dias de hoje; nos dá um olhar mais sensível e nos mostra através de Ricardo Buíse, sua jornada da adolescência até seu amadurecimento, um jovem que sofreu perdas que o desolaram e além das questões de todo adolescente, ainda lidava com questões que iam mais além, sua baixa autoestima, sua falta de crença em si mesmo, um jovem nadando em aguas profundas e que luta por se encontrar.. 

O livro conta com uma trilha sonora através de referências de artistas da música popular brasileira, algo que amei e se encaixou perfeitamente a todo cenário construído por Pedro. 

"Essa obra é uma homenagem àqueles meninos que não se deixaram intimidar pelos preconceitos, medos e intolerâncias de seu tempo."

Esse é o primeiro livro de uma trilogia e espero muito pela continuação desta obra e poder acompanhar a escrita de Pedro que dá voz de uma maneira onírica e ao mesmo tempo real a muitos meninos e homens do passado e dos dias atuais! 



Como diz o autor em sua obra: 
"No fim das contas, caso saibamos compreender o significado da nossa existência, teremos consciência de que nada do que vivemos foi em vão."

Sobre o autor:




O leonino Pedro Augusto da Silveira mora em São Paulo com sua mulher e seu casal de filhos. Ardoroso admirador de história, geografia e literatura, seu coração, parte paulistano, parte carioca, é apaixonado pelo nosso país do Oiapoque ao Chuí, da Ponta de Seixas à Serra da Contamana.


Ficha Técnica:

Título: Sob o Trópico de Capricórnio
Série: Trilogia O lado Quente do ser #1
Autor (a): Pedro Augusto da Siveira
Tradução: Livro Nacional 
Editora: Plataforma 21
Páginas: 256
Ano: 2022
Gênero: 
LGBTQIA+/ Romance/ Erótico / Ficção
Onde Comprar: Amazon


Leia Resenha de outros nacionais clicando aqui! 





Nenhum comentário

Obrigada pela sua visita, volte sempre!