Resenha: As duas versões de nós dois - Júlio Hermann


Sinopse: Algumas vezes o que você precisa pode estar perto demais... Ainda amargando uma dor de cotovelo pelo término de um relacionamento, Daniel se divide entre o trabalho como publicitário e a amizade com Olívia, uma garota tão azarada quanto ele no amor. Toda semana, eles se encontram para um papo em um bar: Olívia conta os problemas que tem com seus namorados complicados e Daniel debocha divertidamente. No fundo, sabe que sente algo pela amiga desde o dia em que se conheceram, dois anos antes. Tudo corre às mil maravilhas até que o destino resolve pregar uma peça em Daniel: Ulisses, seu melhor amigo e colega de trabalho, para manter o emprego, faz com que Daniel seja demitido e, com isso, perca a chance que sempre sonhou ― um Leão de ouro em Cannes, o maior prêmio da publicidade. Do outro lado, Beatriz, mãe de Olívia, descobre que tem câncer, o que faz com que sua amiga fique mais distante. Traído no trabalho, Daniel se vê sem nada: sem o ombro da amiga, sem emprego e sem perspectiva ― até a chegada de Ananda, que parece surgir como uma luz no fim do túnel, e uma notícia que soa como reviravolta. Mas o que levou Daniel até esse ponto? Que escolhas e ideias ele se sustenta para enxergar sempre entre tudo ou nada? Uma história sobre eventos e escolhas e o que fazer de sua vida dali para frente. Tentar resgatar o passado ou deixa-lo lá, aproveitando apenas o aprendizado.


Olá, queridos, como vocês estão?
Olha eu aqui tentando manter a frequência e constância e colocando as pendências em dia!

Hoje trouxe para vocês a resenha do livro Às duas versões de nós dois, um nacional, que acredito que muitos já leram ou ouviram falar, no livro ou no autor. Eu curti bastante a escrita do autor e a forma como ele trata os sentimentos em seus enredos.

O que vocês vão encontrar no enredo:

Nessa história seremos apresentados a Daniel, um publicitário que é apaixonado por sua melhor amiga Olívia. Ele e Olívia, sempre se encontram em bares, onde conversam sobre os fracassos amorosos de Olívia e Daniel, zoando os, carinhas que ela arruma!

As coisas ficam estranhas quando Daniel é mandado embora por justa causa e ele percebe que seu amigo Ulisses tem algo a ver com isso e, em contrapartida as coisas ficam difíceis para Olívia, ao descobrir que sua mãe tem câncer e não faz muito tempo, ela já passou pela perda do seu pai… No meio desse turbilhão tem esse sentimento de Daniel por Olívia, a expectativa se ele vai ou não contar para ela sobre seus sentimentos e se a amizade dos dois sobrevive a tantas complicações.

O livro é narrado em primeira pessoa, onde Hermann usa de sua escrita poética e fluída, que vai nos envolvendo gradativamente conforme as coisas vão evoluindo e nos vemos torcendo por seus personagens nas diversas situações que nos são apresentadas! Sem contar que não temos aqueles capítulos imensos e cansativos, pelo contrário, temos capítulos breves e que dão a fluidez que mencionei à obra.

Minhas considerações:

Bom, esse é um romance desses que tinha tudo para ser incrível, mas em alguns momentos me vi brava com Daniel, pois ele não tinha atitude ou se lamuriava demais… Ainda assim teve diversos momentos que me vi torcendo por Daniel e até gritando mentalmente com ele, "vai!" … Então acredito que dê certa maneira o livro cumpriu o seu papel em trazer um romance e também levantar questões importantes, sobre até onde devemos ir por amor? Vale a pena se deixar de lado por alguém? Aprofundar as relações que temos, pois, muitas vezes, seja na amizade ou amor, ficamos em cima do muro em algumas situações, não querendo entrar muito na relação, mantendo as coisas "seguras", será que é assim que devemos agir? Entre tantos outros questionamentos que o livro nos traz.

Vale a pena a leitura, achei que seria mais um romance fofinho, mas foi, além disso. Trazendo muitos sentimentos e reflexões interessantes a tona. 

Para os fãs de finais felizes, não tem isso nesse enredo, mas fiquem tranquilos, pois o final é coerente e satisfatório! O que me agradou bastante, já que dentro do gênero new adult, não é de praxe finais como esse. Sem contar que a meu ver, isso dá mais realismo ao enredo, já que na vida, nem tudo são flores ou finais felizes, não é mesmo?

Sobre a Edição:

Como sempre a Faro caprichou na edição. Zero defeitos!
A obra conta com folhas grossas e amarelas, uma edição confortável ao toque e olhos, tem o título em relevo e ilustrações lindas com trechos de músicas que combinam perfeitamente com cada cápitulo. O livro conta com uma plalyst no Spotify.

Que aí já leu? O que achou?
Quem não leu ainda, que tal dar uma chance?



Ficha Técnica:

Título: As duas versões de nós dois: O amor pode ser uma surpresa
Autor (a): Júlio Hermann
Tradução: Livro Nacional 
Editora: Plataforma 21
Páginas: 176
Ano: 2020
Gênero: Romance / Ficção 
Onde Comprar: Amazon

Conheca outros livros da Faro Editorial

Leia Resenha de outros nacionais clicando aqui!





Nenhum comentário

Obrigada pela sua visita, volte sempre!